sexta-feira, 6 de maio de 2016

Hoje Sinto-me...Com vontade de ler!

E que tal um espaço no blog para partilharmos as nossas leituras? Embora sejamos da época em que a "Anita" ainda se chamava assim e tenhamos vivido intensamente as aventuras dos "Cinco" ou dos "Sete", a verdade é que crescemos, variámos temas e interesses, mas o entusiasmo pela literatura infantil, não esmoreceu. Pelo contrário! As editoras são cada vez mais e melhores e as histórias reinventam-se em ilustrações e formatos que apetecem.

Desta vez sugiro um livro que desfrutei com o meu filho mais velho, de 8 anos, num dia em que chegou a casa a sentir-se "escorregadio". Estou habituada a que se sinta "azul", "tigrezado" ou "atómico", que o seu oceano preferido seja o "específico" e me responda "claro que ovo, Mãe", quando lhe pergunto se me está a ouvir. Às vezes perdemo-nos no non-sense e rimo-nos bastante, cada um a puxar a palavra à sua sardinha e a envolvê-la em novos significados. Por isso este livro veio mesmo a calhar. Além de ter tido uma menção especial na Feira do Livro de Bolonha (dedicada ao imaginário infanto-juvenil, uma espécie de mundo encantado para os livrófilos), e ter chancela Orfeu Negro, é um miminho ilustrado a aguarela e tinta-da-china. Cada página daria para emoldurar.

Com a autora, Madalena Moniz, percorremos sentimentos de A a Z e aceitamos o desafio:

"Hoje sinto-me… Espacial, Jupiteriano, Único. E tu, como te sentes?"



SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© cinco para as duas. All rights reserved.