domingo, 18 de setembro de 2016

Um presente envenenado...


Há dois anos dei ao Gonçalo um mega presente! Achei que ele ia adorar, mas acima de tudo tinha a certeza que toda a família ia gostar e poder usufruir também. Dei uma de "marido-que-oferece-o magnífico-aspirador", ou a "espectacular-fritadeira" de presente de Natal à mulher...
O presente foi então um barco. Mas não foi um barco qualquer. Foi um do ano de 1993!?! sem direcção assistida e essas modernices.  Um verdadeiro Xanato, nome que lhe demos ao fim de uns dias, para as nossas férias e para termos na barragem. Mas fui querida, porque lhe dei a oportunidade de ver antes e, supostamente, escolher.
Foi mesmo aquele presente envenenado, não só teve de gastar mais dinheiro em seguros, revisão e afins, como teve que tirar a carta de patrão local em apenas um mês, o tempo que tínhamos até às férias. O primeiro dia de barco na ria foi hilariante, mas essa história fica para outro dia :)
Hoje lá esteve de volta do barquinho, a lavar, esfregar, pôr som novo (que o original nunca funcionou). Realmente hoje em dia entendo o que dizem. Quando tens um barco, a maior felicidade é no dia em que o compras e no dia em que te vês livre dele :).




SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© cinco para as duas. All rights reserved.