sexta-feira, 21 de outubro de 2016

A minha fotocópia, por isso é que nos damos tão bem...


O meu querido filho mais velho é tão, mas tão parecido comigo de feitio que até faz impressão.
Em miúdo fez uma que ia eu morrendo:) Contratámos uma babysitter para ficar com o Francisco (O Salvador ainda não era nascido, por isso, ele deveria ter dois anos e meio). Tínhamos um casamento e
lembro-me como se fosse hoje que correu bastante mal. A babysitter fartou-se de ligar, o menino não quer comer, o menino não quer dormir, não quer arrumar os brinquedos... Claro que jantámos e não conseguimos ficar muito tempo. Quando chegámos a casa e entro no quarto para ver como estava tudo, não queria acreditar nos meus olhos, encontro a babysitter deitada no escorrega (que o Francisco tinha no quarto) colada à cama dele com a cabeça toda de lado e o nosso  Francisquinho agarrado ao cabelo dela mas a dormir que nem um anjo. Ia morrendo porque me lembro de fazer o mesmo em miúda. Coitadas das babysitters eram umas santas!:)


Até quando se magoa é parecido. Quando partiu o braço portou-se tão bem e aguentou as dores sem reclamar. Tirou fotografias aos procedimentos e ao contrário do que eu estava à espera não desmaiou quando viu sangue :)
Como somos tão parecidos normalmente andamos mais ás turras. Dos meus três filhos este é aquele que mais trabalho me dá. Custa-me tanto vê-lo cometer alguns erros que eu própria cometi, mas nós temos que cair sozinhos para aprender. Muitas vezes os conselhos são ignorados, "Lá está a chata da mãe com a mesma conversa!". Mas é assim mesmo, faz parte do crescimento :)
Foi com ele que descobri o que é ser mãe e foi ele que me fez duvidar de todas as certezas que tinha antes de o ter. Faz-me perder a cabeça e desesperar quase todos os dias, mas é o miúdo mais meigo, carinhoso e amigo quando quer.
Ao meu Francisco um obrigado por ser quem é e por me fazer pensar e repensar tudo o que faço.

<3 Mariana
 


SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© cinco para as duas. All rights reserved.