sábado, 15 de outubro de 2016

Com o terceiro filho só quero que o tempo ande mais devagar...


Quando tive o meu primeiro filho, apesar de ter sido tudo super natural sem grandes aflições, andava numa ânsia. Estava sempre a ver quando é que e o Francisco se virava, sorria, sentava, segurava a cabeça, gatinhava... Estava acabadinha de sair da universidade (tirei o curso de educadora de infância) e tinha a tabela da Mary Sheridan bem fresca na minha memória...


Agora três filhos mais tarde, dou por mim a dizer "mas já anda?" "já quer comer sozinha?" e a pensar que ainda é muito cedo, que pode começar mais tarde, que quero é ficar com o meu bebé. É em tom de brincadeira claro :)
Acho que estou a gozar esta filha de uma forma mais tranquila, sem pressas, nem medos. Fala quando falar e fará o que tem de fazer quando ela se sentir preparada. Não temos nada a provar só queremos é mesmo curtir esta fase que passa tão rapidamente e não volta mais. Realmente a nossa Vi é o nosso último bebé e está a crescer a olhos vistos...


Não quero congelar nada, só quero poder saborear cada momento destes três "monstrinhos" que tenho aqui em casa:) Todas as idades são giras e complicadas ao mesmo tempo. E quanto mais velhos ficam mais complicados e mais stresses trazem, o que é normal:)
Mas o tempo passa mesmo a correr e não tarda tenho o mais velho a trabalhar e a querer voar do ninho e a mais pequena a entrar na escola :)




Talvez a idade tenha me trazido alguma tranquilidade, mas acho que não...

<3 Mariana
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© cinco para as duas. All rights reserved.