terça-feira, 8 de novembro de 2016

A arte de tricotar...


A minha avó era um ás no tricot. Quando era miúda, com a ajuda da Ligia e da Manuela, fazia roupa para bebé e criança. Acho que a avó vendia algumas coisas mas penso que a maior parte ficava para nós. Todos os netos tiveram direito a enxoval completo feito por elas. Não me lembro de ir a lojas e comprar roupa... Lembro-me sim de ter pânico dos alfinetes nas provas, a Ligia e a minha avó tinham uma paciência comigo, era sempre um desafio :)



A minha mãe e queridas tias herdaram esse dom. Até na praia em pleno verão são capazes de fazer tricot. Os meus filhos tiveram a sorte de terem um enxoval tricotado por todas. Hoje em dia é preciso um casaquinho para a Vi... Em poucos dias tenho um pronto. e o que vale é que a família do lado do Gonçalo também é igualmente prendada. Avós, bisavós e tias todas têm esse dom e arte.


E eu? Pois bem, eu também deveria ter herdado alguma coisa, já que as quartas-feiras à tarde eram passadas em casa da minha querida avó a fazer tricot, ponto cruz e crochet. Aprendi a fazer de tudo um pouco, mas não sei porquê esqueci-me completamente de tudo. Para os meus filhos não fiz nem umas botinhas, apenas fiz os álbuns de fotografias (que já não é nada mau).


Acho que vou ter que me inspirar e voltar a pegar nas agulhas se quiser deixar qualquer coisa feita para os meus netos (se os tiver) mas pelo sim pelo não é melhor começar já :)

<3 Mariana
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© cinco para as duas. All rights reserved.